Como anda sua mentalidade?

Livro: O poder do hábito. pág 127 ” O que Bowman podia dar a Phelps, no entanto – o que distinguiria de outros competidores – eram hábitos que fizessem dele o nadador mentalmente mais forte na piscina.”

Certa vez vi um olhar de desesperança em uma mentorada, apesar das experiências profissionais, as portas estavam se fechando. Os “nãos” que levamos podem nos colocar para baixo e nos fazer duvidar na nossa capacidade, esse sentimento pode ser passageiro e em alguns casos perpetuo.

“Se a tristeza brota em meio a uma crise existencial nutrida por conflitos que se arrastam, é imprescindível examinar atentamente o que se passa dentro da gente e não fugir. É preciso aceitar que as necessárias crises se instalem, suportar um período de indecisão, desorientação, juntamente com a angústia que acompanha esses estados. Ao mesmo tempo, temos que buscar uma estratégia para superar a crise.”

DR. BOTEGA, 2018, PÁG. 19

Quando perpetuo ao invés da mentoria indico a psicoterapia, algumas tristezas podem ser profundas a ponto de paralisar e chamamos isso de depressão.

” A depressão-tristeza é diferente da depressão-doença. A primeira faz parte da vida, tem um potencial transformador. Já a depressão é paralisante, precisa de um tratamento especifico.”

Dr. Botega, 2018, pág. 23

A maioria dos profissionais que buscam minha MENTORIA estão insatisfeitos com sua CARREIRA, porém dispostos a mudar sua VIDA PROFISSIONAL, por mais que tenham medo, insegurança e um certo sentimento de incredulidade chegam até a mim com um único pensamento ” Preciso ter clareza dos passos que preciso dar para alcançar meu objetivo.” Imediatamente indago, “Qual é o seu objetivo?” poucos sabem exatamente onde querem chegar, é aqui que entra o BOWMAN, treinador do nadador PHELPS.

Da página 125 até 131 do livro, O poder do Hábito, eu aprendi algumas lições e quero trazer para você refletir junto comigo. Vamos juntos?

  • A importância de uma rotina e hábitos saudáveis para proporcionar uma mentalidade positiva sobre si – ” Bowman acreditava que, para um nadador, o segredo da vitória era criar as rotinas certas.” pag. 126
  • Identificar os comportamentos e pensamentos que nos deixam agitados, sem foco e motivação – ” Ele concebeu uma série de comportamentos que Phelps podia usar para ficar calmo e focado antes da prova.” pág. 127
  • Imagine onde você quer chegar e veja os passos que deverá seguir até chegar ao seu objetivo -” Toda noite antes de dormir e toda manhã logo ao acordar, Phelps se imaginava pulando em blocos e, em câmera lenta, nadando impecavelmente (…)” pag. 127
  • Dê valor as pequenas vitórias.
" as pequenas vitórias têm um poder enorme, uma influência desproporcional às realizações das vitórias em si. Pequenas vitórias são uma aplicação constante de uma pequena vantagem. Uma vez que uma pequena vitória foi conquistada, forças que favorecem outra pequena vitória são postas em movimento. Pequenas vitórias alimentam mudanças transformadoras, elevando vantagens minúsculas a padrões que convencem as pessoas de que conquistas maiores estão dentro do seu alcance" pág 128
  • Em 2008 Phelps bate o RECORDE MUNDIAL nas Olimpíadas de Pequim

Depois da prova, um repórter perguntou qual fora a sensação de nadar cego, pois havia umidade dentro dos seus óculos. ” Foi como eu imaginei que fosse” disse o nadador. Foi uma vitória a mais numa vida inteira cheia de pequenas vitórias.

Pag. 131

Eu te convido a comemorar suas pequenas vitórias, a ter uma mentalidade positiva sobre você.

E que tal começar a imaginar o momento que chegará ao seu pódio?

Eu sou Michele Gonçalves, especialista em carreira e você poderá acompanhar diariamente meu conteúdo clicando no link abaixo:

https://www.instagram.com/psico_carreira/?hl=pt-br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *